Alexandre A. R. Costa



2021

[Performance] “1`CoDu - De l`ange ou de la bête, qui fera disparaitre l`Utopie?”. Finissage da exposição individual OBJETO INFINITO OU UM BEM MAIOR - Primeiro conjunto de dúvidas, Alexandre A. R. Costa. Curadoria: Paulo Moreira e André Lemos Pinto. ARTLAB24 - Contemporary Art, Espinho. (30.04.2021).

2020

[Performance/ Som] “A dança das cinzas”. SOPA #9 (online/covid19). Curadoria: Ateliers Mompilher. Ateliers Mompilher, Porto.

2018

[Performance/ Comunicação] “The Eternal Shuttle (5) - Do you know what is a-way? It’s the unknown.” Performance-Comunicação-Instalação em Arte, demónios e desporto de músculo. Curadoria: Filipe Garcia. COCREATIVECONNECTIONS 7. Sport Club do Porto, Porto.

[Performance-Instalação] “The Eternal Shuttle (4) - O diabo é o que é”. Curadora: Susana Chiocca. Acesso de Vertigem - Ciclo de Performance. Maus Hábitos - Espaço de Intervenção Cultural, Porto.

[Performance-Intermédia] “Termodinâmica Emocional II”. Curadoria: Elogio Vadio. Espaço Cultural Cru, Vila Nova de Famalicão.

[Happening] “Sopa Sonora”, Sopa de Pedra #7, Curadoria: Ateliers Mompilher. Ateliers Mompilher, Porto.

[Happening] “Sopa Sonora”, Sopa de Pedra #5, Curadoria: Alexandre A. R. Costa, Jorge F. Santos, Miguel Seabra + Rua do Sol. Com: Alexandre A. R. Costa, André Fonseca, António Azenha, António Lago + Susana Chiocca, Carmo Azeredo + Carolina Grilo Santos, Francisco Babo, Francisco Laranjeira, Francisco Venâncio, Hugo Soares, João Bonito, João Gigante, João Ricardo, Jorge Fernando dos Santos, José Alves de Sousa, José Oliveira, Leonor Costa, Luísa Abreu, Manuela dos Campos, Manuel Santos Maia, Maria Côrte-Real, Miguel Seabra, Nils Meisel, Vítor Lago Silva. Galeria do Sol / CCOP. Porto.

[Performance-Intermédia] “Termodinâmica Emocional I”. Curadoria: Elogio Vadio. Espaço Cultural Cru. Vila Nova de Famalicão.

[Happening] “Sopa de Pedra”, Fictionary Players, Finnisage da exposição “Artemosferas”, Curadoria: João Brojo, Felícia Teixeira e Carmo Osul. Projeto Ao Monte, com Jorge F. Santos, Miguel Seabra e participantes. Espaço Cultural Maus Hábitos. Porto.

2016

[Performance-Intermédia] “De l`ange ou de la bête, qui fera disparaitre l`Utopie?” (2), Curadoria: Fernando Aguiar (Portugal) / Richard Martel (Canadá). CLARK - Centre d’art et de diffusion, Montréal, Canadá.

[Performance-Intermédia] “De l`ange ou de la bête, qui fera disparaitre l`Utopie?” (1), Curadoria: Fernando Aguiar (Portugal) / Richard Martel (Canadá). Lieu - Centre en art actuel/ RIAP - Rencontre internationale d’art performance, Québec City, Canadá.

[Performance-Intermédia e colaborativa] “Da micro-história (II): a performance uma a uma”, “programa PERFORMANCE, AGORA! do TAGV” Curadoria: Fernando Matos de Oliveira. TAGV, Coimbra.

[Performance-Instalação] “Da micro-história (I): OMO ou a Cinza pela peneira”. Exposição Colectiva “Matriz Malhoa - Museu.Arte.Cidade”. Curadoria: Mário Caeiro. Museu José Malhoa Caldas da Rainha.

2015

[Performance-Instalação] “A Hora da Revolução” [25.ABRIL.2015]. Ciclo de Performance “Cravo no Gatilho”. Org.: Projeto Caleiro. Fundação Narciso Ferreira, Riba de Ave.

[Performance-Intermédia] “A dar água sem caneco” [versão 5: após tudo!], 15` + Video: “Time is on my (our) side”, 15`, Ciclo de Performance. Curador: Filipe Garcia. Galeria Atelier- Metamorfose, Porto.

2014

[Performance-Intermédia] “A dar água sem caneco” [versão 4: Representação], 15` + Video: “Time is on my (our) side”, 15`, Curadoria: Carlos Rosón e Sara Fuentes. Fundación RAC, Pontevedra, Espanha.

[Performance-Intermédia] Costa, Alexandre aka Kos Drovich: “A dar água sem caneco” [versão 3: Ressonância Catabólica]. 15` + Video: “Time is on my (our) side”, 15`. BAAMMM 3. Curadoria/Programação: Loreto Troncoso, Patrícia Caveiro, Sara Gomes e Susana Chiocca. Sonoscopia, Associação Cultural, Porto.

[Performance-Intermédia] “A dar água sem caneco” [versão 2: Esta liberdade, os segredos da banca e um caneco atrás de outro], 15` + Video: “Time is on my (our) side”, 15`. (Con)Tributos da Liberdade a Joan Miró, Cooperativa Árvore, Porto.

[Performance-Intermédia] “A dar água sem caneco” [versão 1: Guelras para que te quero...] 15` + Video: “Time is on my (our) side”, 15`. Expedição /// Seminário HANGAR /// A Sua Agulha Aponta o Sul e Não o Norte!, Espaço Cultural Maus Hábitos, Porto.

[Performance-Instalação] “Kuenstlerleben, ou quando deres conta a vida passou...”, Exposição coletiva “Teoria da Pintura”, Curadoria: AISCA. AISCA - Associação de Intervenção Social, Cultural e Artística, Viana do Castelo.

2013

[Performance] “O Raio de Schwarzschild”, com Hugo Soares, (durante a construção da Universo em Marcha #2, pré-abertura da exposição colectiva “Good News - comunicar é complicar”). Curadoria: Mário Caeiro e José Moura. F.C.T. - Faculdade de Ciência e Tecnologia, Universidade Nova de Lisboa, Lisboa.

[Performance-Instalação] “A instabilidade quase me fazia acertar”. Creative Connections. Curador: Filipe Garcia. Espaço Laissez Faire, Porto.

[Performance-Instalação] “Lei Natural, ou, o agitamento molecular do sistema aberto”. Exposição In-Tensões. Curadora: Dalila Vaz. Espaço-Ex-sede do Banco Montepio, Avenida dos Aliados, Porto,

[Happening] “Sopa Sonora”. Evento Sopa de Pedra. Curadoria: Ateliers Mompilher. Ateliers Mompilher, Porto.

[Performance-Comunicação] “Da arte, da vida, da morte”. Evento Line Up Action Extensions. Curador: António Azenha. Mosteiro de Santa Clara, Montemor-o-Velho.

[Performance-Comunicação] “Da arte sem ilha. da vida e morte em mar alto”. Evento FIGAC 2013. Curadoria: FIGAC. CMIA - Parque ecológico urbano, Viana do Castelo.

[Performance-Instalação] “Confettis negros”. CRE(A)TIVE.CONNECTIONS #0, Curadores: Filipe Garcia & Maari Soekov. Quarck productions.in.site.galerie, Porto.

[Performance + processo colaborativo] “Universo em Marcha #1”, Curador: Hugo Soares. Exposição Colectiva “Resgate”. Edifício- Casa Sá Cortinas, Barcelos.

2012

[Performance-Instalação] a partir “do arquivo, do devir e da 2a lei - projecto para 3 momentos (feedback I from III)”, Curador: João Gigante (AISCA). Museu fora de horas - Dia Internacional dos Museus. Museu de Artes Decorativas, Viana do Castelo.

[Performance-Instalação] “Hoje (e depois de amanhã) - parte III”, Curadores: Hugo de Almeida Pinho & Marta Azevedo. Um passeio no campo de guerra, Espaço Campanhã, Porto.

[Performance-Comunicação] “Por entre a aprendizagem da cegueira do complexus: Arte, onde te conheci, conheço e conhecerei?” - uma acção a partir de: Hoje (e depois de amanhã) - entre os momentos II e III. Curadoria: 8o Encontro (IPVC+AISCA). 8o Encontro internacional das artes (IPVC), AISCA, Viana do Castelo.

[Performance-Instalação] “Hoje (e depois de amanhã) - parte II”, Curadora: Dalila Vaz. Escrita do corpo do fazer, Espaço Mira, Porto.

[Performance-Instalação] “Hoje (e depois de amanhã) - parte I”, Curador: Filipe Garcia. Present in place, Museu Teixeira Lopes, Gaia.

[Performance-Instalação] “Do arquivo, do devir e da 2a lei (III)”, Curador: Rita Castro Neves/Sintoma. Sintoma #0 – Evento de Performance, Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto.

[Performance-Instalação] “Do arquivo, do devir e da 2a lei (II)” Curadoria: Ateliers Mompilher. Sopa de Pedra, Ateliers Mompilher, Porto.

[Performance-Instalação] “Do arquivo, do devir e da 2a lei (I)”, Curador: Márcio Carvalho.

Performance Art - semana da História da Arte, Faculdade de Letras da Universidade do Porto.

[Performance-Instalação] “Do brilho para a sombra e comigo vais (II)” a partir de “Without a box/Sem uma caixa”. Curadores: Nuno Oliveira & Margarida Chambel. Epipiderme21, Cave of forgotten dreams. Espaço do Urso e dos Anjos, Lisboa.

[Performance-Instalação] “Do brilho para a sombra e comigo vais (I)” Curadores: André Fonseca/ Pé direito. Abertura do projecto Pé Direito, Plataforma Pé Direito, Porto.

2011

[Performance-Instalação] “Sem uma caixa (continua em Portugal)” Curadores/Coordenação: Epipiderme (Nuno Oliveira & Margarida Chambel). Imergência – Festival de Performance, Galeria ZDB, Lisboa.

[Performance-Instalação] “Fictionary corporation2 (fase3)”, (Alexandre A. R. Costa, Miguel Seabra, Jorge F. Santos) & Hmbrito. Curador: António Azenha. Line up action - Festival de Performance, CITAC, Coimbra.

[Performance-Instalação] “Fictionary corporation1 (fase3)”, (Alexandre A. R. Costa, Miguel Seabra, Jorge F. Santos) & Hmbrito. Curadoria: própria. PROJECTO IMAN – Arte Contemporânea 2011, Braga.

[Performance-Instalação] “Without a box” – work in progress, Curadores: Jonas Stampe, Nadia Capitaine. Infra`Action - International Performance Art Festival, Sète/ Montpellier, França.

[Performance-Comunicação] “Poder(.)”, Fictionary Players (Alexandre A. R. Costa, Miguel Seabra, Jorge F. Santos) & Hmbrito. Curador: FIGAC. FIGAC (Fórum Internacional de Gestão Artística e Cultural), IPVC, Viana do Castelo.

2010

[Performance] “Esercizio di base di entropia [con il pane]”, Curadoria: própria. Entrance and surrounding areas, Mambo - Contemporary and Modern Art Museum, Bologna, Palazzo Vecchio, Firenze, and the Centro per L’arte Contemporanea Luigi Pecci, Prato, Itália.

[Performance-Intermédia] “Claras em castelo”, Curador: António Azenha. Line up action – Festival de Performance, 2010. Casa das Caldeiras, Universidade de Coimbra, Coimbra.

[Performance-Intermédia] “Hidden from the eyes of daylight”, Com Carlos Bica e Francisco Laranjeira, Curadoria: própria. PROJECTO – Arte Contemporânea, 2010. CCVF (Centro Cultural Vila Flor), Guimarães.

[Performance + trabalho colaborativo] “Solução”, a partir do projecto “Que poses fazer perante o desaparecimento da utopia? “Solução” é um projecto com Curadoria própria que emergiu desde o “feedback criativo” de Hugo Brito: “(...) a flocculant solution causes aggregation of dispersed particles in water and allows them to precipitate.”. Exposição/Exhibition: “Nice to see you Ms. Hollow!”. Galeria Oficina Cultural, IPVC, Viana do Castelo.

2008

[Performance-Instalação] “rnd-output”, Fictionary Players (Alexandre A. R. Costa, Miguel Seabra, Jorge F. Santos) & Hmbrito, Curadoria: própria com Tiago Almeida. Parábola Gallery - José Falcão, Porto.

2007

[Performance-Intermédia] “Guitarras variáveis 07.07.22”, com paL - an experimental non- fixed improvised guitar project, Curador: paL (Pedro Almeida). Casa da Animação, Porto. [www.larapal.org/guitarrasvariaveis].

[Performance-Intermédia] “Upper - public performed” com Jorge F. Santos, Curadoria: própria com Anna Krenz. Zero Gallery, Berlim, Alemanha.

[Performance-Intermédia] “Bunnys - Sports”, (Alexandre A. R. Costa, Miguel Seabra, Jorge F. Santos). Curadoria: própria com Fictionary Players e Tiny Domingos. Rosalux Gallery, Berlim, Alemanha.

[Performance] “We are quiet at home”, com Jorge F. Santos, Curadoria: Boris Nieslony. 15th Performance Art Conference - NYEPI”. Bali & E.P.I. Zentrum (participação portuguesa/portuguese participation), Porto-Bali.

[Performance] “Grundübung der entropy [mit brot] or Brit aug der straße”, Curadoria: própria. Entrada e área circundante do KW Institute for contemporary art, e entre Berlin Mitte - Rosenthaler Platz - Schönefeld Airport. Berlim, Alemanha.

2006

[Performance-Intermédia] “Collapse in the mount (2)”, Public Performedia. Curadoria: Laboratório das Artes. Operação Transbordo/Projecto Teleférico, Bar do Teleférico, Guimarães.

[Performance] “Collapse in the mount (1)”, com Jorge F. Santos. Curadoria: Laboratório das Artes. Operação Transbordo/Projecto Teleférico, Teleférico - Montanha da Penha, Guimarães.

[Performance-Intermédia] “Happyland”, (Alexandre A. R. Costa, Miguel Seabra, Jorge F. Santos). Curadoria: The Fictionary Players. PROJECTO IMAN – Arte Contemporânea, 2006: Espaço Cultural Maus Hábitos, Porto.

[Performance] “Como o nada”, Curadoria: própria. PROJECTO IMAN – Arte Contemporânea, 2006, Espaço público, Funchal, Madeira.

[Performance-Intermédia] “Quem come tudo não come o nada”, Curadoria: própria com Marta Carvalho. PROJECTO IMAN – Arte Contemporânea, 2006, Escola de Santana, Madeira.

[Performance + trabalho colaborativo] “Como o nada”, Curadoria: própria. PROJECTO IMAN – Arte Contemporânea, 2006: Casa das Artes, Vila Nova de Famalicão.

2005

[Performance-Intermédia] “Mad Regie - para uma orquestra”. Com Jorge F. Santos e apoio técnico da Equipa de Paulo C. Org: ISEIT. SoPro - Evento Transdiciplinar, Auditório IPJ, Viseu.

[Performance-Instalação] “Urban c(o)urses: One hour” (uma no interior, uma no exterior | one inside, one outside), Curadoria: própria. PROJECTO IMAN – Arte Contemporânea, 2005, Casa das Artes, Vila Nova de Famalicão.

2004

[Performance-Instalação] “Killing Rules” Curador: Manuel Dias. Cinanima, Galeria de Exposições, Espinho.

2003

[Performance-Instalação] “Art investigation (1st contact)” Curador: Juanjo Fuentes. Kaldarte - Evento de Arte Pública. Caldas de Reis/Pontevedra.

[Performance/ work in progress] “Art investigation”, Curadoria: própria, supervisão Master of Arts team Surrey University, London. Froebel College garden, London, UK.

[Performance/ work in progress] “Art investigation”, Curadoria: própria, supervisão Master of Arts team Surrey University, London. Sub-way, Londres, UK.

[Performance/ work in progress] “Art investigation”, Curadoria: própria, supervisão Master of Arts team Surrey University, London. The Theatre Museum Walk, Londres, UK.

2002

[Performance-Instalação] “Ementa”, (Alexandre A. R. Costa, Miguel Seabra, Jorge F. Santos). Curador: Eduardo Matos/Pontos de Contacto. Evento Pontos de Contacto, Porto.

2000

[Performance] “Just looking & smiling, dressing the bourdoux coat” Performance desenvolvida durante a produção do “Cremaster Cycle” - filme de Matthew Barney/ Curadoria própria. Guggenheim Museum, Nova Iorque, EUA.

1999

[Performance-Intermédia] “A Cerimónia...”, com Jorge F. Santos, Curador: Bienal de Cerveira. X Bienal Internacional de Arte de Vila Nova de Cerveira, Vila Nova de Cerveira.

[Performances-Intermédia] “Voyeur dans l`espace”, Curadoria própria com Jorge F. Santos. Museu da Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto.

1998

[Performances-Intermédia] “Revisiting Gerhard Richter - The Invention of Memory”, Curadoria: própria com Jorge F. Santos. Biblioteca da Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto.

[Performances-Intermédia] “Revisiting John Cage - There is no space for emotions in a work of art?”. Curadoria: própria com Jorge F. Santos. Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto.



© Alexandre A. R. Costa